sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Transformação com Augusto Cerqueira

+ Como a poesia surgiu na sua vida?
A poesia surgiu em minha vida através da minha irmã alania, que me introduziu nos caminhos da literatura.
desde sete anos fazia quadrinhas e cordéis, mas os escritos ficavam restritos à familiares e amigos. foi em 2000 que, também levado pela minha irmã alania, conheci o sarau da cooperifa e aí pude aperfeiçoar e levar meus escritos para um público maior.

+ Como você era antes da poesia?
Antes de conhecer o sarau da cooperifa, eu era um rapaz sem muitos questionamentos sobre minha posição no 'status quo'. acordava cedo, ia ao trabalho, estudava a noite e ficava contente quando recebia o parco salário que durava, em média, 3 dias e seguia o mesmo ciclo até o fim do mês, esperando ser remunerado pelos perrengues diários.

+ Quem você é depois dela?
Hoje trabalho com poesia.  ganho menos dinheiro do que ganharia trabalhando em uma empresa, mas tenho a consciência que ganho mais qualidade de vida, apresentando a poesia para jovens da minha região e convivendo com pessoas que buscam a transformação dos comportamentos sociais, afim de termos uma geração mais igualitária e consciente das verdadeiras razões que fazem o periférico seguir no caminho da servidão e da ignorância de seus direitos

Nenhum comentário:

Postar um comentário